Bubble chat

A importância do atendimento emergencial de agências de viagens

O objetivo de qualquer empresa de serviços é atender da melhor forma possível seus clientes. Nas viagens corporativas, as agências precisam oferecer diversos meios para satisfazer não só as principais demandas, mas também aquelas com potencial de ocorrer, no caso emergências relacionadas às viagens.

As agências sabem, assim como os clientes, que é necessário ter e oferecer uma ferramenta específica para solucionar problemas em horas pouco prováveis: o Emergencial.

Este setor específico para emergências, como diz o nome, deve estar ativo 24 horas por dia, sete dias por semana, inclusive feriados. Os profissionais desta equipe, por sua vez, precisam ser capazes de resolver qualquer tipo de problema, desde a remarcação de bilhetes aéreos e resolução de imprevistos, até a emissão de passagens e reserva de hotéis em situações de última hora.

No entanto, este tipo de atendimento precisa seguir regras claras para que o controle de custo das empresas seja mantido dentro das regras estabelecidas previamente. Por exemplo, o emergencial só deve ser acionado entre 18h e 9h, além de finais de semana e feriados.

Em alguns casos, a equipe deste setor só está autorizada a emitir bilhetes com embarque programado até às 12h do próximo dia útil. Desta forma, evitam-se compras que não sejam realmente urgentes.

Muito importante: a Política de Viagem, documento que norteia todas as viagens corporativas de uma empresa, precisa prever regras para a utilização do Emergencial. Um dos principais perigos é o uso desta ferramenta para driblar as normas relacionadas às viagens definidas pela empresa.

Compartilhe este artigo