5 itens imprescindíveis para quem viaja ao exterior em 2024


Euforia e ansiedade no lazer, preocupação e pressa a negócios. Independentemente do motivo da viagem, ir a outro país traz, quase sempre, algum tipo de instabilidade, principalmente quando nos referimos a nossa própria memória.

Por isso preparamos um pequeno guia para destacar os principais pontos de atenção ao preparar uma viagem internacional.

Por mais óbvios que sejam para muitos, vale à pena consultar esta lista sempre que necessário.

1. Visto


Para visitar alguns países, o visto é necessário. Para outros, não. Em alguns casos, mesmo que não seja uma obrigação, o carimbo pode ajudar a passar pela imigração.

Além da documentação necessária, é necessário

Portanto, não deixe de pesquisar o assunto. Sites de embaixadas e dos próprios países são bons locais para encontrar informações sem sombras de dúvidas. Você também pode ter informações com a CIBT, especialistas em vistos e documentação de viagens. Clique aqui para mais informações.

visa

2. Vacinas


Vacina da Febre Amarela é uma das exigências mais comuns em países sul americanos, africanos e asiáticos. É importante saber que a vacina deve ser feita com no mínimo 10 dias de antecedência ao embarque . Depois da primeira dose, você não precisa mais se preocupar, ela é válida por toda vida. Mas lembre de ter com você o comprovante de vacinação.

Há outras vacinas importantes que podem ser exigidas em seu destino, como malária, COVID, etc.

Cheque no site da IATA as informações atualizadas sobre vacinas e documentação.

3. Seguros


Assistência viagem é um ponto importantíssimo da sua viagem.

Muitos países exigem que viajantes estrangeiros tenham um seguro viagem. Países europeus, por exemplo, exigem apresentação de seguro com cobertura mínima de 30.000 euros.

Para não fica na mão durante a viagem contrate seguro de uma empresa reconhecida, cheque as coberturas e como é feito o atendimento em caso de necessidade.

Uma ótima opção é a Universal Assistance, empresa da Zurich Seguros com mais de 40 anos de experiência.

seguro

4. Malas


Você já deve ter visto passageiros agachados no saguão do aeroporto rearrumando roupas e presentes nas malas antes de fazer o check-in.

Cheque a franquia de bagagem de sua passagem aérea. Algumas cias aéreas limitam o peso máximo a ser despachado.

Fique atento também ao tipo de transporte que você irá utilizar. Trens e barcos normalmente não combinam com bagagens muito grandes.

malas

5. Dinheiro


Nunca foi tão barato e fácil fazer câmbio de moedas para sua viagem.

Cartões de crédito e pré-pagos tem taxas de conversão cada vez melhores.

Uma ótima opção é o cartão multi moedas da Wise. Você deposita em reais e transforma na moeda do país que estiver visitando, com taxas menores e pagando diretamente na moeda local. Clique aqui para saber mais.

Além de cartões, leve um pouco de dinheiro vivo. Dólar ou Euro são aceitos no mundo todo e podem ajudar quando cartões não são aceitos.

Lembre-se, há um limite máximo de dinheiro em espécie que pode ser transportado com você. De acordo com a Receita Federal, quem entra ou sai do país com mais de R$ 10 mil em moeda nacional ou estrangeira deve fazer a declaração pela internet.

dollar