Bubble chat

Como economizar com hospedagem sem abrir mão da qualidade

Indiquei em um post anterior algumas dicas para negociar o valor de tarifas das companhias aéreas e, como prometido, vou explorar agora algumas técnicas para reduzir, junto aos fornecedores, o custo com hospedagem.

As dicas a seguir levam em conta maneiras de economizar, sem necessariamente abrir mão da qualidade e categoria dos hotéis.

O primeiro passo para negociar com hotéis é conhecer, assim como no caso das passagens aéreas, a rotina da sua empresa. Recolha o maior número possível de informação sobre a rotina dos seus viajantes, como:

  • Principais destinos;
    • a) Sua empresa tem filial?
    • b) Sua empresa tem clientes em outras cidades que demandam visitas constantes?
  • Média de tempo de estadia;
  • Quais os hotéis ou cadeia de hotéis que melhor atendem seus viajantes.

A partir deste levantamento, identifique se há volume de compras. Se a resposta for positiva, escolha no máximo três fornecedores e inicie as negociações.

Aqui é importante ressaltar que o conhecimento de uma agência de viagens corporativas pode ajudar bastante em alcançar os melhores resultados. Se puder, portanto, coloque a sua agência para ser a ponte desta negociação.

Fique atento:

  • Considere que quanto menos fornecedores utilizados, mais concentrada estará a sua demanda. Assim, será mais fácil atrair o fornecedor para a mesa de negociação;
  • Inclua nesta conversa itens como café da manhã, internet livre, academia de ginástica e outros serviços, geralmente cobrados, que interessem a sua empresa;
  • Se a sua empresa organizar eventos com frequência, use este fato para melhorar ainda mais os preços com os hotéis escolhidos.

Algumas agências de viagens corporativas, pelo volume de compras, têm acordos prévios com hotéis que podem beneficiar a sua empresa. Por isso, pergunte ao seu atendimento se há algum tipo de desconto possível.

Lembre-se de que qualquer motivo é um bom motivo para baixar custos. Então fique atento às oportunidades que surgem diariamente em sua empresa. Além das passagens aéreas e hotéis, é bastante plausível conseguir reduções significativas com transporte de viajantes, por exemplo.

Experimente negociar com um motorista particular, uma cooperativa de taxi ou, até mesmo, promova o uso de transporte público, quando possível.

Se quiser saber mais sobre algum assunto relacionado a Viagens Corporativas, explore outros textos do nosso blog, ou nos envie uma mensagem.

Compartilhe este artigo