Bubble chat

Conheça as formas de pagamento de viagens corporativas e veja qual se adequa melhor ao seu negócio

Como a sua empresa maneja os pagamentos de viagens atualmente? Já parou pra pensar se não há uma forma de melhorar esse processo? Conheça abaixo os três principais meios utilizados no mercado e escolha o que melhor se adapta ao seu negócio.

Cartão de crédito

O dinheiro de plástico ganha cada vez mais adeptos em um cenário no qual o dinheiro é mais virtual que real. Em viagens corporativas, o CC tem como mais tradicionais benefícios o prazo para pagamento e a geração de milhas que podem ser trocadas por viagens, etc. (Este bônus, no entanto, só é verdadeiro para pessoas físicas). Por outro lado, traz uma forte face negativa: dificulta o controle de custos. Isso acontece pelo simples fato de que as faturas geradas pelas empresas de crédito só mostram o valor e o nome da empresa contratada e nem sempre na data real da compra.

Cartões virtuais

Essas soluções são cartões de crédito específicos para passagens aéreas. Em parcerias com agências de viagens, a empresa de CC envia uma fatura com todos os detalhes das compras especificados, o que facilita bastante o controle de custos. Esta opção é muito interessante tanto para aqueles que têm sistemas, como para aqueles que fazem o controle manual. Além disso, não tem custo adicional, pois os bancos não cobram a anuidade desse tipo de cartão.

Faturado

Meio tradicional no mercado, o faturado é como se você abrisse uma conta de crédito junto a sua agência de viagens. O prazo de pagamento, em geral, é de sete dias e todos os detalhes das compras são oferecidos, assim com na solução acima. Os pontos negativos: as agências podem incluir uma taxa de administração, e não há muita margem para negociar o prazo e pagamento.

Compartilhe este artigo